Grécia

No centro da caldeira

img_7896a
Depois de uma manhã preguiçosa, reservei a tarde para um passeio de veleiro pela caldeira. Nikos foi o motorista até Fira, já que os barcos saem do porto antigo, Skala, na base da capital da ilha – o mesmo usado para os tenders que levam e trazem os inúmeros turistas que chegam à ilha por cruzeiros.
Fira é frenética, como se pode esperar da principal vila da ilha: além do forte comércio e da concentração de hotéis e restaurantes, aqui ainda se encontram alguns museus, como o Megaro Gyzi (com fotos de antes/depois do terremoto de 1956) e o Museu Arqueológico (com algumas peças do sítio arqueológico de Akrotiri que não foram levadas para Atenas).
img_7768a
A cidade é badalada, coisa e tal, mas…sinceramente? Não é a minha praia, não entrei no espírito de Fira. Não sei se o erro foi ter escarafunchado Oia primeiro ou se estava mesmo num esquema menos muvuca e mais relax, mas é fato também que Fira tem um perfil menos sofisticado, as construções e a vila em si não são tão bem cuidadas.
Os fãs de Fira vão contestar e eu já aceito de pronto: acredito que com os lugares acontece a mesma coisa que com pessoas –  com alguns não vamos muito com a cara e com outros caímos de amores, à primeira vista. Mas com certeza ela deve ser a grande escolhida dos mais jovens, que devem se sentir em casa com tantos bares e casas noturnas.
img_7930a
Do centro de Fira parte o teleférico que vence o desnível de 300m até o porto. A outra alternativa de transporte é representada por essa categoria tão explorada na Grécia: os pobres burrinhos, que carregam massas humanas muito mais pesadas do que o razoável, todo o dia. Decidi poupar os pequenos e usar a prática primeira opção.
img_7772a
Em contrapartida à experiência em Milos, esse barco era bem maior…e cabia um tantinho de gente a mais 🙄 Pelo menos não havia música a bordo (ou quase, veria mais tarde :mrgreen: )
img_7774a
img_7776a
E o barco saiu navegando pelas águas da caldeira: Santorini é na verdade o respiradouro de um vulcão que já entrou em erupção várias vezes, sendo a mais violenta delas ocorrida em 1.650 a.C., quando a cratera expeliu tanto magma que depois murchou e submergiu criando um tsunami forte o suficiente para chegar até Creta, onde exterminou a civilização minóica.
Já o que restou de Santorini (ou Thira, seu nome grego oficial), foi sepultado com as cinzas e começou a vir à tona com as escavações do sítio arqueológico de Akrotiri, no sul da ilha (atualmente fechado para visitação).  Mas o vulcão continuou ativo e criou posteriormente Palia Kameni (em 197 a.C.) e Nea Kameni (1707), que é essa ilha das fotos abaixo e primeira parada do barco.
img_7932a
img_7938a
Fica mais fácil entender a geografia de Santorini com um mapinha: dá para perceber que existe um formato circular envolvendo a ilha principal, Thirasia e a pequena Aspronisi, formando o que antigamente eram as encostas do vulcão. Tudo o que está nesse meio, incluindo Palia e Nea Kameni, era a cratera deste vulcão, ou caldeira.
santorini_map2
(mapa de www.santorinigreece.net)
Aliás, ainda é a cratera, já que o vulcão ainda está em atividade e é monitorado de perto. É interessante levar um tênis na exploração de Nea Kameni, pois anda-se um pouquinho e em terreno irregular, até chegar à cratera atual.
img_7810a
Não espere fogo, apenas fumaças e crostas amareladas de enxofre. E muitas rochas.
img_7798aimg_7797a
A caminhada é interessante, mas o melhor dela (e meu motivo principal para fazer o passeio de barco) é poder ter essas incríveis vistas de Santorini…
img_7816a
img_7817a
Essa é uma das grandes vantagens de se chegar à ilha por ferry: ter a visão dos grandes paredões se aproximando. Como cheguei por ar, as vistas de Nea Kameni ajudam a fazer uma simulação…
img_7836a
(Impressionante. E lindíssimo. Complementa a visão inversa, da ilha para a caldeira.)
A segunda parada é em Nea Kameni, nas águas termais. Não é quente o suficiente, o enxofre (quase) mancha o biquíni. Passo.
img_7824a
Nessa hora servem comidinhas e bebidinhas, bom para aquecer já que o dia não estava muito quente. E também para passar o tempo, enquanto um dos marinheiros resgatava com bóia um rapaz que não agüentava voltar nadando para o barco 🙄 (Como eu sou má… :mrgreen: )
img_7831a
E seguimos em direção a Oia, na ponta norte de Santorini, passando por Thirasia à esquerda e suas syrmata. O nublado da tarde foi dando lugar um a uma luz maravilhosa e um friozinho gostoso.
img_7854a
Todos em terra firme já estavam a postos para o espetáculo de final de tarde, no castelo.  Dá para ver também que existem ainda muitas casas-caverna abandonadas num ponto nobre da vila, só esperando para serem restauradas.
img_7863a
O sol deixava tudo dourado e vermelho: as casas no porto de Ammoudi, as rochas da encosta, até mesmo o mar.
img_7861a
img_7862a
Nesse momento o barco pára e são içadas as velas…

img_78671

…e o comandante do veleiro começa a tocar saxofone! (Apesar de nunca ter ido a João Pessoa, me lembrei na hora do Jurandir do sax :mrgreen: )

img_7874a

Apesar das interferências sonoras e de algumas nuvens, o sol não desaponta. Mais um pôr-do-sol inesquecível na viagem, para a coleção.

img_7891a
img_7895a
Na volta para a Fira, a noite já ia descendo e os muitos cruzeiros estavam totalmente iluminados, esperando por seus passageiros que desciam ininterruptamente com o teleférico. Fiz o caminho inverso, seguindo para a  ‘casa’ e mais uma noite em Oia.

35 Comments

  1. Mô Gribel

    Muito lindo, Emília!
    Porém o que mais me impressionou foi tudo pintado de vermelho, inclusive o mar. Achei fantástico!
    PS: o moço foi o lindo??? 😀

  2. Emília

    Mô, o passeio só provou que Santorini é linda de todos os ângulos mesmo. E as fotos do pôr-do-sol refletido em Oia são daquela cor mesmo, sem modificações! De babar…
    PS: Hmmm…que é o moço e quem é lindo? 😆 Se está falando sobre o meu querido, ele não tomou parte no incidente, hehe… (Mas o marinheiro era lindo, sim, mas vou falar baixinho para o moço aqui do lado não ouvir 🙄 😆 )

  3. Emília

    Só agora me liguei que era sobre a última foto, rss…É ele, sim, o meu modelo 😉

  4. Majô

    Que vistas e que fotos !!!!! E interessantíssima a história. Magnífico post Emília !!

  5. Mô Gribel

    Emília, não…rs
    Achei que o moço da bóia era o ‘querido’….rs
    Mas pensando bem, ele jamais faria uma coisa dessas! rs
    Beijosss

  6. Patricia - Turomaquia

    Fira decididamente também não é a minha praia!!!
    Santorini é fotogênica, mas teu post de Milos me fez babar …
    Beijos

  7. Emília

    É muito interessante perceber direitinho o formato do vulcão, Majô. Um pouco preocupante, também, mas os sismólogos estão de olho, então… 🙄 É a mesma falha que passa por Milos, olha só: http://www.decadevolcano.net/santorini/figures/santorini_tectonic.gif
    Não faria, não, Mô! Ele ficou só bem quietinho vendo o ‘espetáculo’…pobre moço.
    Patricia, Milos é menos conhecida, se vê menos fotos da ilha, etc. e por isso a surpresa é maior. De Santorini já se espera muito, com tudo de bom e ruim que isso pode trazer…
    Bom começo de semana! (Ou boa continuação de feriado para quem pode…)

  8. Camila

    Também amei tudo pintadinho de vermelho! Mas realmente nem podemos reler o post anterior, pra evitar comparações… Beijos!

  9. Emília

    Camila, o Marc leu ontem o post e comentou algo muito parecido, hehe…Dá para entender como era difííícil sair do ‘nosso’ cantinho, né? 😉

  10. Carla

    Emília, ando sumida sim, mas não parei de viajar com todo mundo! Tenho acompanhado tudo pelo Reader, mas comentado bem pouco…
    E sim, ja achei a moça que estava me caçando pela net!!! De repente, recebi vários mails de pessoas com essa mensagem! A net é muito engraçada! ;mrgreen:
    Sua viagem pelas ilhas gregas está maravilhosa, um lugar muito romantico mesmo!!! E as fotos, uma mais linda que a outra =)
    Bjs,
    Carla

  11. eduluz

    Emília, muito bom o post ( prá variar!).
    Questões :
    Enxofre? Tinha cheiro forte ( como Rotorua?).
    O sujeito tocava bem o tal do saxofone?
    Só pra esclarecimento, o rapaz patrocinado pela Ray Ban é o Marc, certo?
    Abs e bom feriado.

  12. Carmen

    Esto também é tudo verdade???
    Incrível a visão das rocas vermelhas e Santorini. A vista de Santorini desde o barco parece uma montanha nevada.
    Bonito

  13. Emília

    Carla, saudades! Que bom que já encontrou a moça, hehe…a net reserva umas surpresinhas mesmo.
    Aposto que estão todos sentindo falta dos seus posts, mas entendo que às vezes não damos conta, muitas coisas acontecendo. Mas não suma, não…
    Um beijo! 😀
    Oi, Edu! Nada de cheiro muito forte, não…mas a cor da água não é muito convidativa, não. Só eu mesma para entrar mesmo assim: pareço labrador – é só ver água para cair nela 😆
    Sobre o sax…a questão não era se o sujeito tocava bem (não estava mal), mas o repertório de clássicos internacionais 🙄
    PS: É o moço, sim! E eu deveria colocar um Google Ads da Ray-Ban para ganhar algum 😆
    Carmen, tudo verdade mesmo! Você não tem idéia da altura das encostas quando se está nelas, até que vê a comparação com os cruzeiros do outro lado…monumental. E o avermelhado é fortíssimo com algumas nuvens, imagino num dia claríssimo…
    Um beijo transatlântico!

  14. Carol Wieser | Travel Forever

    Emilia,
    Essa sua série sobre a Grécia está DIVINA!! Seus textos e fotos estão geniais… Mas que merchandising pra RayBan ein???
    Amei a foto! Lindo reflexo…
    Beijos

  15. ☆☆ Martinha ☆☆

    Belissimas fotos..
    Como sempre..
    Mas essas são de um tom totalmente oposto à Santorini.. que era branco e azul.. aquele contraste delicado e belissimo..
    Muito lindo ver que o pôr do sol transformou tudo num dourado de babar..
    Inacreditàvel..
    =)

  16. Paula*

    Emília, querida, o que é isso?!?! Que coisa mais linda essa viagem, essas fotos, complementadas perfeitamente pelos seus textos super informativos! Adoro!!! Grécia está no topo da minha listinha 🙂
    É verdade que vc vem pra Mega ConVNVenção no Rio?! Nem acredito que vou conhecer vc pessoalmente! 😉

  17. Emília

    Obrigada, Carol! Já o merchandising…foi de graça mesmo, rss…Gostei da foto, fazer o quê?
    Aliás, tô adorando rever Noronha lá Travel Forever. As fotos estão maravilhosas 😀
    Martinha, Santorini é rocha bruta e dá para perceber melhor ainda vendo de frente, e não de cima. Uma sensação que só se sente nos lugares realmente grandiosos. Tão bom achar um lugar para se ficar de queixo caído…
    Paula, acho que vou sim, eba!!! Estou terminando de me organizar hoje, mas acho que dessa vez eu vou, estou super curiosa 😀
    Um beijo e obrigada pelos elogios!

  18. Silvia Oliveira - Matraqueando

    Emília do céu!! Eu ainda acho que esses lugares das fotos não existem! Devem ser criação sua! 🙂 Ai, quero ir! Quero ir! Quero ir! Beijão!

  19. Emília

    Silvia, existem sim, eu prometo 🙄 😛
    Aliás, estava dando uma viajada lá no Matraqueando e descobri que tem coisa de montão que eu não tinha visto ainda, que delícia! Parabéns pelos 3 anos do blog 😀

  20. Mirella

    Matou… que lugar lindo!
    Definitivamente as ilhas gregas estao subindo para o top da minha listinha.
    Muito legal esse seu relato!
    bjs

  21. Mirella

    ueh… meu comentario foi?

  22. Emília

    Mirella, você também esteve em uma ilha fabulosa (embora completamente diferente)…Vamos ter mais fotos da Islândia? :mrgreen:

  23. CarlaZ

    Ah a Grécia Emília…você está me deixando com cada vez mais vontade…as fotos estão ótimas…tudo parece tão bom…
    Mas quando vi que tinha post novo seu, sabe

  24. CarlaZ

    Foi pela metade hehehe 😳
    Ia falar que quase nao entrei…afinal acho que não vou mais poder viajar esse ano…
    Mas te espero no Rio, hein!
    Beijos

  25. Emília

    Carlinha, estarei lá! Depois de muitas tentativas, hehe…
    E sobre a Grécia, não esquente a moringa, como falamos lá em casa, rss…Você tem tempo para fazer todas as que quiser! Muito chão pela frente 😉

  26. Turista em Viagem

    OLá Emilia!!
    Lindas foto!!
    Gostaria de saber se há interesse em trocar link!! Ainda não fui pra metade destes lugares, mas só de vagar pelo blog já senti um pouco de como é cada lugar…
    Gostaria de saber se há interesse em trocar link!!
    Portal Meio Aéreo

  27. Arnaldo - Fatos & Fotos de Viagens

    Eu concordo com você, prefiro Oia a Fira, cem vezes, sem pestanejar. E olha que eu NÃO gosto da Grécia e achei Santorini um destino “está visto”.
    OUTRa coisa com a qual concordo, mas NÃO com você, com os leitores comentaristas, é a qualidade das fotos. Qualidade e beleza.
    Além do mais a matéria está muito boa do ponto-de-vista informativo e de utilidade, pois para além de relatar aquele dia maravilhoso de vocês, traz dicas sublininares e mostra a essência do lugar, o que considero extremamente importante. Guias completos que mostram tim tim por tim tim os horários, ônibus, hotéis, etc, existem aos montes. Mas guias que conseguem demonstrar o que os lugares têm essencialmente, são os mais raros.
    Parabéns por tudo.
    Grande abraço,
    Arnaldo, direto de Damasco, Síria

  28. Emília

    Oi, Turista! Obrigada pela visita e vou dar uma olhada lá também.
    Achei que fossem aparecer mais defensores de Fira, Arnaldo, mas pelo jeito os que já foram preferem Oia mesmo. Se eu for uma próxima vez, vou ficar o tempo inteiro no circuito: hotel-passear em Oia-hotel-passear em Oia… :mrgreen:
    Já quanto às fotos desse post, eu fico imaginando como ficariam se eu tivesse uma máquina com um super zoom potente, especialmente aquelas tiradas de Nea Kameni. Acho que esse será o ponto principal a se pensar em um próxima compra.
    E fico muito orgulhosa (e vermelha!) com os elogios 😀
    PS: Estou a-man-do a tua viagem e teus relatos! E sempre acompanhando de perto…

  29. Cristina (VnV)

    Mari,
    to copiando e colando os posts e o planejamento tá em cima da hora (pensar que eu ia olhar qdo voltasse de POA em Maio, ai apareceu Washington a trab em Junho e ficou para agora rsrs). Na excursão tem uma tarde visitando lugares importantes da Ilha, por do sol em Oia, e uma excursao de 40 euros de 10 as 14.30 para Caldera e Volcano. Sera dia 19 de Setembro e me parece que foi mais ou menos isso que vc fez. No dia seguinte ainda tem uma manhã livre em Santorini. Como estarei sozinha, alugar carro é limitado, não sei se conseguirei conhecer muita coisa. Vc acha que vale essa excursão?

  30. Cristina (VnV)

    Ai ai e amanhã ainda vou para Salvador a trab!!!

  31. Emília

    Olha, Cristina, essa excursão à caldeira é polêmica, já vi várias opiniões divergindo. Eu gostei por uma razão: ver Santorini ao longe é maravilhoso e, como eu não tinha chegado lá de barco, não teria outra oportunidade de ver a ilha vindo do mar. O vulcão é bacana, mas nada demais (a não ser que você tenha fixação em vulcões, hehe…)
    Eu reservaria bastante tempo para bater perna em Oia, passear em Fira, comer em Ammoudi (porto abaixo de Oia)…e só depois calcular se dá para a excursão.

  32. Carol

    Caramba, seu blog esta me ajudando muuuito, como é dificil achar informação e dicas sobre a Grécia… Parabéns pelos comentários e pelas fotos maravilhosas!!!!

  33. Emília

    Obrigada, Carol!
    Espero que tenha uma linda viagem, um abraço!

  34. Monique Ribeiro

    Emíliaa tudo bem?
    To passando aqui pra agradeecer porque seu blog foi um dos que me inspirou e ajudou bastante a planejar minha trip por Atenas e pelas ilhas gregas Santorini e Mykonos!
    Esses lugares são apaixonantes né, não vejo a hora de voltar, principalmente para Santorini que me encantou!
    Quando puder dá uma passadinha lá no blog que montei e dá uma ohadinha nas fotos que tirei desta trip!
    http://mejogueinomundo.wordpress.com/
    Beijos

  35. Emília

    Oi, Monique!
    Os posts estão bacanas, fico muito feliz que tenham curtido muito a Grécia, é um país maravilhoso, sonho em voltar também.
    Que bom que o meu bloguinho ajudou na viagem.
    Um beijo!

Deixe uma resposta para ☆☆ Martinha ☆☆ Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *