Buenos Aires

Fim de ano, fim de viagem

Ao voltar de um dia cheio (de sol) em Colonia, tudo o que queríamos era relaxar um pouco na nossa casinha portenha temporária. E era mesmo fundamental, pois era noite de Reveillon e ficar em casa não era uma opção…
Preferimos fazer a ceia em casa mesmo. A cidade estava totalmente cheia de turistas norte-americanos e europeus, conseqüência: os preços nos restaurantes estava inacreditável, fora que comida servida nestas circunstâncias costuma ser apenas aceitável. Fizemos nossas comprinhas no Carrefour do Shopping Alcorta (obrigada, Sylvia!) e trouxemos algumas gostosuras do free shop do barco também. Foi ótimo ;-)
Aproveitamos para comprar algumas mini-Chandon, que foram devidamente geladas até a hora de sair para a rua. O centrinho da Recoleta estava um sossego, mas tínhamos ouvido falar que alguma coisa acontecia em Puerto Madero. Táxi!
Mas cadê táxi nas ruas? Nada, nada…quando vinha um, estava tomado. Demorou um bom tempo até conseguirmos um em que o taxista mal-humorado despejava todo o seu veneno sobre esse hábito brasileiro de festejar a passagem do ano. Fogos? Pra quê? Aparentemente todos os argentinos estavam em casa quietinhos. Um pouco de conversa e veio uma certa melancolia: ‘Acho que, na verdade, somos um pouco tristes’. Ahh…fica assim não, moço. Cada um comemora do seu jeito ;-)
Em Puerto Madero finalmente vimos onde estavam as pessoas naquela cidade. Bem, pelo menos todos os brasileiros, hehe…e alguns europeus também. O clima estava ótimo, gente de todas as idades passeando, os restaurantes lotados, alguns com música na parte externa, gente dançando em toda parte.
Tudo estava lindo, muito iluminado, os barcos passando cheios de festa…uns fogos (até que bem razoáveis) estourando, espumantes abertos e aí está 2008 -D
Nos surpreendemos positivamente, achamos que seriam meia dúzia de gatos pingados reunidos para comemorar o Reveillon, mas parece que subestimei a nossa vontade de festejar (e a quantidade de brasileiros em Buenos Aires ). Foi uma noite muito divertida e gostosa. Para quem estiver pensando em algo parecido no próximo ano, ficam as sugestões:
1. Táxis são um problema nesta noite. Procure ir mais cedo do que fomos para Puerto Madero (já era quase 23:30 quando chegamos lá) e a volta…é um mistério. A não ser que consiga marcar com algum taxista, é bem provável que se volte a pé um certo trecho até conseguir um carro.
2. Fora Puerto Madero, não há muito a se fazer na cidade, que fica totalmente vazia. Os restaurantes pega-turista da Recoleta ficam cheios de gente pagando até 300 pesos por uma ceia, mas a animação é zero (pelo menos do jeito que gostamos).
3. Se possível, volte para o Brasil no primeiro dia do ano. A cidade fica absolutamente morta depois do Reveillon e até mesmo Palermo parecia um bairro fantasma. A Recoleta começou a despertar somente no final da tarde.
Depois de um dia de descanso e com a perspectiva de voltar para casa no dia seguinte, nada como fechar bem a viagem: uma visita ao Faena para jantar no famoso El Bistro e seus unicórnios starckianos -D

(site do Faena Hotel + Universe)
Até a próxima, Buenos! ;-)

22 Comments

  1. Oi-ê! :mrgreen:
    Emília, eu estava quietinho, nos bastidores, acompanhando a viagem de vocês a BsAs. Achei Colonia bem legal! É o tipo de passeio que eu adoraria fazer.
    Se você gosta de Reveillon agitado, então vem pra cá. Brincadeirinha, o ano-novo aqui é fraquim, tadim. Além de ser frio de doer…brrrr :mrgreen:
    Faena?! Vou te falar: vocês estão muito chiques, viu?
    Beijim pro ceis 😀

  2. Carla

    Emília, você acaba de me arrancar muitas e muitas risadas com esse trechinho aqui: “‘Acho que, na verdade, somos um pouco tristes’. Ahh…fica assim não, moço. Cada um comemora do seu jeito 😉 ” Esses portenhos são mesmo umas figuras, né? Fazem da melancolia um estilo de vida e ainda reclamam da nossa festança…

  3. Emília

    Zé, não tem jeito, brasileiro adora mesmo uma festinha, né? E, apesar de não estarmos na praia, tinha água 😆
    O Faena é um deslumbre, Zé, fiquei bes-ta. Eu não queria mais sair dali, mas não teve jeito de ficar 🙄 Apesar de muuuito mais simples, o meu apezinho era muito bacana, não posso reclamar 😉
    Carla, eu não encontrei nenhum taxista que não fosse muito gentil (e que não gostasse de falar muito :mrgreen: ). Com esse eu comecei a ficar um pouco aperreada, mas depois já ele já tinha baixado a guarda e até chegou a desejar uma boa festa para nós. Acho que eles devem achar uma provocação ao seu estilo de vida e não devem saber como reagir ❓ 😉
    PS: Está tudo beleza por aí?

  4. Eduardo Luz

    Emília, eu perdi algum comentário nos posts anteriores ou você falou pouco do Bistrô ? Nós ficamos no Faena há uns 4 anos (aniversário de casamento) e o hotel é muito bonito ( e bom e caro, rsrs) mesmo. Eu achei este unicórnios tão bregas inicialmente mas no final, o conjunto arquitetônico do restaurante é fenomenal. Toda a parte do hall é demais, né ? Aquele corredor na entrada, a piscina, o El Mercado, os vasões… E tem mais : gostamos bastante da comida também ! E vocês ?
    Só não fui assistir ao Rojo Tango ( era este o nome ?) !

  5. Emília

    Eduardo, eu não tinha falado sobre o El Bistro mesmo, não, mas adorei o lugar. Estava com um pé tão atrás com relação aos unicórnios, mas no final achei o conjunto todo muito harmonioso (adoro um branco total em decoração). O serviço excelente, vinhos idem, tudo muito agradável.
    A comida estava impecável, como era de se esperar. Mas posso ser sincera? Faltou um pouquinho de ousadia, de irreverência. O toque moderno ficou restrito ao couvert, se é que pode ser chamado assim: uma essência de azeitona esferificada e um queijo líquido numa bombinha, com framboesas. Interessante, mas parou por aí.
    À parte isso, foi um belo jantar. Será que sou muito exigente? :mrgreen:
    Ah, e não fui ao Rojo Tango, não, mas dei uma espiadinha e me pareceu muito luxuoso (as críticas de quem foi são muito boas). Quem sabe numa próxima? Dessa vez fui conferir o Bar Sur, uma vontade antiga.

  6. Carmen

    Emília,
    Eu ainda recuerdo um post muito divertido sobre o restaurante El Bistro do Hotel Faena e seus imutávels unicórnios (em o antigo blog de Ricardo). O lugar dá um pouco de medo, todo tão blanco!!!.
    Bom viagem e boa anedota a do taxista.
    Um beijo.
    Carmen

  7. CarlaZ

    Emília,
    andei olhando seu blog nos últimos dias e amei!!! parabéns!!! e olha que não sou de natureza…sou bem urbana…mas seus relatos são tão bons…mostram que você gosta tanto de tudo isso que me deu vontade de ir em cada um dos destinos.

  8. Emília

    Carmen, juro que aqueles olhos vermelhos dos unicórnios são um pouco assutadores, no começo. Mas depois você se acostuma e acha que eles estão exatamente onde devem estar 😆 Apesar da estranheza, o restaurante é muito bonito e o hotel como um todo é um espetáculo. Mesmo não tendo ficado lá, indicaria facilmente para uma pessoa com um budget folgado.
    CarlaZ, obrigada pela visita! É sempre bom receber um retorno tão bom assim…e quem sabe não influenciar você a umas viagens fora do esqueminha urbano? 😉 Um abraço!

  9. Arnaldo Interata

    Estou esperando a próxima viagem….

  10. itamar

    olááááá
    tava fuçando e acabei achando seu blog! mto legal, por sinal. Aproveitando queia uma dica sua…tô pensando em passar o próximo reveillon em Bs As mas será q vale a pena?
    é animado? ou td mundo desçe p sc?? hehe
    bjão

  11. Emília

    Oi, Itamar!
    Olha…se você está pensando mais no Reveillon do que na viagem em si, acho que vai se decepcionar um pouco sim. Afinal, apesar de ter muitos brasileiros, não é exatamente a nossa ‘praia’ (nos dois sentidos, hehe…).
    Agora…pode ser que os argentinos realmente não comemorem o Reveillon…em Buenos Aires :mrgreen: Com certeza deve estar cheio deles em SC 😉

  12. Marcio

    Sempre ouvi falar bem do Faena, agora anotei aqui!!
    Abs!!

  13. Eduardo Dubó

    O Idéia Guia voltou meio dedicado à América do Sul e gostei muito da sua abordagem a uma capital já tão conhecida por nós. Gostei tanto que tá até lá no site!
    Valeu!

  14. Emília

    Oi, Marcio! O Faena é lindíssimo mesmo, não me arrependo de ter reservado uma noite para ir até lá. Mas da próxima vez fico pelo El Mercado mesmo :mrgreen:
    Eduardo, que bacana que o site voltou, vou dar uma olhada com mais tranqüilidade…e obrigada pela citação! 😀

  15. Luisa

    Emilia,
    A Argentina nunca foi uma das minhas prioridades e, pra ser sincera, nunca nem entrou nas minhas wish list, mas de uns tempos pra cá comecei a olhar o país com outros olhos… E vc é uma das culpadas por isso!:)
    Resultado: Reveillon 2009, Argentina aí vou eu! Estou devorando todos os seus posts! Valeu
    Bjs

  16. Emília

    Olha só…mais uma fisgada pelos ‘aires buenos’, hehe…que bacana, Luisa! E olha que para sair da Itália deve ser difícil 😉
    Acho que vocês vão gostar bastante, é uma bela cidade…e com certeza um belo país, pelo que vejo em fotos por aí. Falta para mim agora sair de Buenos e começar a explorar os outros cantos da Argentina.
    Ah, e se passar por São Paulo, dê um toque 😀

  17. Flavia Kaiser

    Oi Emilia, obrigada pela visita e que bom que gostou das dicas! Qualquer dúvida sobre Santorini, estou à disposição!
    Beijos,
    Flavia

  18. Emília

    Flavia, pode deixar que, quando a viagem estiver mais próxima, eu vou pedir sim 😀

  19. Camila

    Emília, você vai à Grécia??? Que legal! 😀 A Grécia está na minha lista de desejos para o ano que vem, mas ainda é uma idéia que precisa ser amadurecida. É uma viagem com que eu sonho desde criança, junto com o Egito. Quem sabe com os seus relatos eu não me decido?!? 😉

  20. Emília

    Pois é, Camila, já está praticamente tudo pronto, passagens compradas e hotéis reservados. Um sonho antigo 🙂
    Vamos passar uns diazinhos na França, ver amigos e família, depois Grécia: Atenas (+ Delfos e Meteora), Milos, Santorini, Mykonos e Rodes. E uma esticadinha até Istambul 😉 E pode esperar que vou blogar quando voltar, sim…estou muito animada! Se você gosta da idéia, vai ficar também, hehe…Sobre o Egito, não conheço, mas alguns amigos foram no ano passado e adoraram. Essa é uma que está na minha lista também 🙂

  21. Fortunately

    Somehow i missed the point. Probably lost in translation 🙂 Anyway … nice blog to visit.
    cheers, Fortunately.

  22. Emília

    Hi, Fortunately! The post is about our experience with New Year’s Eve in Buenos Aires, are you planning to go there?
    Thanks for the visit!
    PS: Lost in translation :mrgreen:

Deixe uma resposta para CarlaZ Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *