Serra da Canastra

Rios da Babilônia

No segundo dia na Canastra, nosso rumo foi o lado oposto do parque: a chamada Serra da Babilônia, que na verdade é composta por várias serras.
 
Este é um lado do parque muito pouco freqüentado e conhecido pelos turistas, mas vale a pena percorrer uns bons quilômetros por lá porque a paisagem é magnífica.
 
Esta área gigantesca não é oficialmente parte do parque nacional porque ainda não foi desapropriada, sendo toda dividida em grandes fazendas, onde a atividade principal é a criação de gado.

A paisagem oferece lindas vistas o tempo todo e uma característica marcante deste lado da serra são as pedras que nascem do solo em 45º, apontando sempre para a Canastra.

Mas nem só de pedras e gado vive a Babilônia e ela não fica muito atrás do lado mais famoso do parque no quesito rios, cachoeiras & afins… Os rios não são tão famosos quanto o São Francisco e nem as cachoeiras tão impressionantes como a Casca D’Anta ou a Lavras, que podem ser vistas ao longe na Canastra, mas são ótimos para nadar e relaxar. E foi o que fizemos…
Logo depois de subir a serra pelo lado leste, visitamos esta pequena cachoeira, muito fotogênica (gente, não me lembro o nome dela  🙄 )
 
O poço é perfeito para nadar e a cachoeira tem força na medida para uma boa massagem…Ao redor as paredes de pedras estavam cheias de flores do cerrado e o tempo, que estava nublado, começava a dar brecha para o sol aparecer…e o dia só estava começando 😀
Mais um pouco de jipe e caminhada com as vacas nos calcanhares (que viam em nós os peões que colocam sal nos cochos), chegamos a outro chuchu de cachoeira que forma o Poço da Babilônia:

Que lugar delicioso, quem me dera ter uma piscina natural dessas em propriedade minha (suspiros)… Água na temperatura certa, linda vegetação ao redor, muitos peixinhos 😀 Dá até para usar as pedras como trampolim para cair na água, mas não fiz isso em respeito às minhas lentes, que me fariam muita falta no resto do dia e também por estar em módulo zen 😛

E continuamos nossa jornada, com uma certa relutância. Seguindo pela crista da serra, paramos em um ponto estratégico chamado Mirante da Babilônia, onde podemos ver bem em frente a Casca D’Anta vertendo da Canastra, uma visão inesquecível.


Ai, ai…mas ainda tínhamos mais alguns lugares para conhecer, então seguimos para a cachoeira do Taboão. Ela tem uma linda queda, mas é um pouco mais abaixo no rio onde nadamos: um canto com uma grande piscina e algumas quedinhas em escada, muito próprias para sentar e sentir a água batendo na cabeça e nas costas.

O dia estava quase acabando…entramos no jipe e seguimos para a borda sul da Babilônia, onde avistamos o vale onde fica São João Batista da Glória, uma das cidades que margeiam o parque.

Cortamos a serra no sentido norte e tínhamos outro vale: o que separa a Babilônia da Canastra:

Terminamos este dia de relax no Morro do Carvão, nossa última parada…

…onde pudemos ver o pôr-do-sol.

Voltamos para a pousada pelo vale, sempre com a vista da Casca D’Anta do nosso lado esquerdo e o cantar dos grilos no ouvido.
PS: O título deste post é uma homenagem a dois amigos com quem passamos uma tarde engraçadíssima de viagem com muita música trash  😛

26 Comments

  1. Carmen

    É uma sorte nascer em um país tan maravilhoso como Brasil, donde puedes desfrutar de uma natureza rica en contrastes e com espaços e paisagem por descobrir!!!.
    Boas Festas, Emília a você e a sua família!

  2. Emília

    Carmen, eu acho realmente um privilégio ter tantas coisas lindas, ao alcance dos pés (e das rodas dos carros 😀 ).
    É muito gostoso compartilhar isso com alguém que sabe dar valor, como você.
    Desejo um lindo Natal com sua família, Carmen, e que 2008 lhe traga tudo do melhor para você!

  3. Rodrigo Purisch

    Ecomíla, rsrs
    vai para BsAs quando?
    manda um e1/2 para baq amagico no gmail
    Um abraço
    Belas fotos e um ótimo passeio!

  4. Meilin

    Emília, como sempre, eu tô viajando com seus passeios, um dia a gente ainda vai se encontrar por essas estradas de terra 😀
    Vou aproveitar pra mandar uma beijoca de natal e torcer pra fazermos muitos passeios em 2008. Tudibão procê !!!

  5. Rodrigo Purisch

    digo,
    contatobap no gmail…

  6. Diogo

    Ecomília, não sei o que tá melhor nesse post: se são as fotos, ou a sensação maravilhosa transmitida pelo passeio…
    Um beijão

  7. Majô

    Emília,
    Que paisagens lindas !!! Que cachoeiras para uma belo hidro 😉
    Passando para deixar neste blog querido, um grande beijo de Feliz Natal para você, o Marc e a família toda !!!!!
    Quem sabe um café amigo antes, né ?

  8. Oi Emília!
    Seu blog é muito legal! Adoro as fotos, seus comentários!
    Faz tempo que estou pra te dizer isso, mas seus passeios me lembram muito do meu irmão: ele é biólogo, guia de ecoturismo e fotógrafo de natureza, está sempre indo para lugares que você cita no blog. Ele morou em Bonito um tempão, agora está perto de SP no meio da Mata Atlântica! Já foi para o Petar, Serra da Canastra… Entra no site dele: http://www.fotograma.com.br/
    Tem também o blog dele, linkado no site. Confira!
    Beijos
    Débora.

  9. Emília

    Rodrigo, vamos nos falando por e-mail…
    Meilin, você viaja nas estradas de terra por aqui e eu passeio em Paris lá no Pergaminho 😀 Eu gosto dos dois estilos…
    Vou te mandar um e-mail. Beijo!
    Diogo, nada melhor do que água de cachoeira na cabeça para relaxar…todo o stress vai embora!
    Aliás, queria agradecer a vocês pelas dicas de Buenos…eu e o Marc já estávamos babando e na próxima semana vamos conferir os restôs. Destemperados na cabeça em Bs.As.!
    Majô, queria te dar um abraço, espero que dê certo o cafezinho 😉 De qualquer maneira, nos falamos ainda!
    Débora, eu ameeei o site dele, que fotos maravilhosas! O moço não é fraco, não :mrgreen: Trabalhou com os melhores fotógrafos de natureza, desenvolveu projetos de turismo sustentável em Bonito (que é o lugar de ecoturismo mais avançado que já visitei), pesquisa…Me parece que é um cara que faz o que mais gosta.
    Depois eu dou uma passadinha lá no BBZ…um beijo!

  10. Oi de novo, Emília!!
    Eu sabia que você ia gostar do site do meu irmão…e você tem razão, ele faz aquilo de que mais gosta!
    Aproveitando, quero retribuir os votos de um Natal e um 2008 maravilhosos, repletos de saúde, amor,paz e sucesso.
    Beijos
    Débora, Zé, Mateus e Pedro.

  11. Arthur

    Oi Emilia, também sempre quis ir na Canastra… até porque também já fiz o passeio da Foz em Alagoas e o Xingó. De cabeça, levantei esses pontos turísticos relacionados com o Velho Chico:
    1- Serra da Canastra (trilha até a nascente)
    2- Petrolina / Juazeiro (passeios de barco, ilha fluvial)
    3- Cânion do Xingó (passeio de barco na represa artificial da hidrelétrica)
    4- Até a foz pelo lado de Alagoas (barco)
    5- Até a foz pelo lado de Sergipe (barco)
    Deve haver outros, que com o tempo, serão mais populares.
    E obrigado pelos votos! um Feliz Natal e um excelente 2008 para você e seu moço também!
    Abração
    Arthur

  12. Emília

    O passeio do Xingó deve ser delicioso, Arthur, morro de vontade de fazer. A Canastra é uma delícia…você não só vê a nascente, mas pode nadar no rio em vários pontos, é uma beleza. Recomendo muito.
    Um grande abraço e um lindo 2008! 😀

  13. Carla Castro

    Emília,
    vim aqui deixar meu feliz Natal atrasadinho e um desejo de um ótimo ano, cheio de viagens lindas e bem ECO !!!
    Abracos,
    Carla

  14. Arnaldo - FATOS & FOTOS de Viagens

    Além de texto muito bem escrito, fotos belíssimas. Tá mandando muito!, parabéns.
    Aproveito a oportunidade para desejar que tenham um fabuloso Reveillon e que o NOVO ANO seja espetacular, maravilhosamente viajado e com saúde, felicidades, paz.
    MUITAS VIAGENS!

  15. Emilia

    Carla e Arnaldo, obrigada pelos desejos e um grande ano para voces!
    Saludos desde Buenos Aires 😀

  16. Majô

    Emília,
    Passo aqui para deixar votos de super, mega, ultra Feliz Ano Novo com lindas viagens para vocês !!!
    Aproveite muuuuito Buenos !!!

  17. Débora

    Emília, que 2008 seja um ano cheio de realizações bacanas pra vocês. Um super feliz ano novo!
    Abraços,
    Débora e Fernando

  18. Carmen

    Emília,
    Feliz 2008!!! em Brasil o em qualquer outro país do Mundo!!!.
    Beijos.

  19. Emília

    Majô, Carmen, Débora e Fernando: muito obrigada pelos desejos! Que 2008 seja um lindo ano para todos nós 😀

  20. Lena

    Emília, welcome back!!
    Qundo vem o post de Buenos Aires? Estou super curiosa… Vou par lá na 5afeira, dia 10.
    beijos,

  21. Emília

    Oi, Lena! Já estou de volta e na loucura. Básico…
    Não vou conseguir postar antes de você ir, mas vou te mandar um e-mail com todas as nossas experiências comentadas…vai ficar em hotel ou vai testar o apê?
    Um grande começo de ano pra você! (Só pode começar bem, né? Vibaneando 😆 Que saudades de Buenos, minha cabeça ainda está por lá…)

  22. Luisa

    Emilia, que delícia tomar banho de cachoeira!!! Acho que a última vez que fiz isso eu deveria ter uns 10 anos…
    Essas fotos estão sensacionais!

  23. Meilin

    ECOMÍLIA!!!!! Acho que eu tô indo!!! Se Nossa Senhora dos Viajantes me ajudar vou curtir as folias de momo na Canastra. Já pensou, confete na cachoeira, fantasia de mata atlântica, marchinha de jipe a diesel…hum…acho que vai ser animado, né 😀 bjins

  24. Emília

    Que delícia, Meilin! Vai ser um Carnaval totalmente eco, hehe… 😀
    E já fechou lugar, tudo certinho? Você vai ver, vai voltar ainda com mais pique e alto astral do que você já tem, mulher! 😉
    E é como eu sempre digo: banho de sal grosso? Que nada! Cachoeira é o negócio 😆
    Me conte os preparativos!

  25. Meilin

    Eu vou com o meu “personal guia de programas de índio”, o César da Azimuth (azimuth.tur.br), que me leva pras melhores “indiadas” do Brasil. Depois te conto mais, bjins

  26. Emília

    Adorei o esquema deles, Meilin! Muito bacana a idéia de seguir com os jipes…eles são fundamentais por lá!
    E o roteiro é completíssimo…vocês vão até naquele Paraíso Perdido, que a Bia recomendou em outro destes posts meus da Canastra. E a chalana pela represa também…
    Fotos, muitas fotos, por favor!!!
    PS: Eu vi que eles fazem a travessia Petrópolis-Teresópolis, é uma vontade antiga…quem sabe quando este quadril estiver bonzinho? 😉

Deixe uma resposta para Diogo Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *